RESUMO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 06 DE JULHO DE 2020

por Assessoria CMI publicado 06/07/2020 20h00, última modificação 28/07/2020 21h26

- O presidente A. I. Netto comunicou que está tomando todas as providências, inclusive com pedido da interferência do senador Eduardo Braga, para que o posto de atendimento dos Correios, da Vila de Novo Remanso, não seja desativado, afinal, toda a população da região depende daquele estabelecimento, para receber pagamentos e outros serviços postais.



- O vereador Francisco Rosquilde abordou sobre as empresas fabricantes de tijolos de Itacoatiara, que estão dificultando a venda de seus produtos para o mercado local. Ele relatou que no início desse ano, o milheiro do tijolo era vendido, direto na fábrica, por 430 reais e que as lojas de material de construção revendiam a 580 reais. Entretanto, agora, na fábrica o preço cobrado é de 534 reais, sendo que a empresa ainda cobra de frete, o valor de 50 reais por milheiro de tijolo e mais 40 reais do ajudante de caminhão.
Rosquilde disse que é um absurdo isso que as empresas fabricantes de tijolos estão fazendo com Itacoatiara, porque, além do preço abusivo, de 700 reais por milheiro de tijolo, que está saindo para o consumidor final, os mesmos ainda têm que entrar na fila e esperar disponibilidade de estoque, porque o interesse é vender para Manaus ou para o vizinho estado do Pará. O vereador ressaltou que é necessário que seja destinado um percentual da produção, a fim de atender o mercado local, afinal é daqui que tiram a matéria prima.
Rosquilde assegurou que vai tomar providências junto ao Ministério Público e ao PROCON. Finalizou deixando seu repúdio à atitude dos fabricantes de tijolos local.

 

- O vereador Alcimar Filho abordou sobre a situação da nova ambulância da Vila de Novo Remanso, que o povo esperou por 2 anos e agora, segundo reclamações de moradores, há uma determinação absurda, proibindo a ambulância de buscar pacientes, sem condições de mobilidade, em casa.
Alcimar informou que ficou sabendo que se trata de uma ordem da gestora da UBS de Novo Remanso. Ele disse que isso caracteriza omissão de socorro, o que é um crime grave. O vereador já instruiu os moradores a fazerem Boletim de Ocorrência na Delegacia local. Ele pediu também que a Mesa Diretora da Câmara envie expediente ao Executivo Municipal, a fim de saber de quem partiu essa determinação.
Alcimar frisou que é lamentável que a população tenha esperado 2 anos por essa ambulância e agora que ela chegou, não possa contar com a mesma. Disse que essa atitude é desumana e não vai permitir que isso continue acontecendo.

 

- O vereador Bosco Rodrigues parabenizou o seu colega Alcimar pelo discurso e se solidarizou com os moradores de Novo Remanso.
Ele relatou que esteve no Bairro da Paz e presenciou o estado de abandono daquele local. Chegou a dizer que sentiu até vergonha de ser vereador. Disse que ligou imediatamente para o secretário municipal de infraestrutura, Jander Nobre, pedindo que seja feito de imediato, pelo menos um mutirão de limpeza no Bairro.
Ele também falou da situação lamentável em que se encontram os ramais e estradas vicinais de Itacoatiara. Também encaminhou pedido para as autoridades responsáveis, para que possam fazer pelo menos um paliativo, a fim de melhorar a situação.
Voltou a falar do abandono da saúde no Rio Arari e que já tem a confirmação de emendas parlamentares, para a compra de 4 ambulanchas em 2021.
Finalizou falando sobre a triste condição do cemitério local, que está tomado pelo mato. Ressaltou que é uma vergonha, ter que fazer requerimento pedindo do prefeito, para que providencie a limpeza do cemitério.

 

- O vereador Joanilson Mendes abordou sobre as várias reclamações que recebeu nesse final de semana, dos moradores do Conjunto e do Bairro Jacarezinho, sobre a insegurança das pessoas que estão sendo assaltadas. Lembrou de uma antiga reclamação sua, que é da água servida de todo o Conjunto Jacarezinho, que escoa para a Estrada AM-010, que já causou estrago na pista e agora se tornou um dos pontos de assalto, pois os meliantes aproveitam para atacar aqueles que por ali passam e obrigatoriamente têm que parar ou reduzir a velocidade, por causa dos buracos.
Joanilson recordou que ao longo dos últimos anos o governo do Estado não se preocupou em renovar o efetivo das Polícias Civil e Militar e com isso a população está dando um grito de socorro, grito de alerta com falta de segurança pública. Ele disse que antes as pessoas tinham medo de sair à noite, por causa do risco de assalto. Agora, os bandidos estão assaltando a toda hora, de dia ou de noite, não respeitam nem mais o dia santo.
Joanilson pediu que a Comissão de Segurança da Câmara entre em contato com a Comissão da ALEAM, a fim de buscar providências, pois ele teme que, devido à ausência do Estado, o povo comece a fazer justiça com as próprias mãos.
A respeito do cemitério, Joanilson disse que não consegue entender, por que a prefeitura não mantém uma equipe permanente, par fazer a limpeza do cemitério. É um absurdo ainda ter que fazer requerimento pedindo limpeza de um local como o cemitério.

 

- Durante o grande expediente foi feita uma cessão de tempo ao ex-deputado federal e atual presidente do PTD no Amazonas, Hissa Abrahão.
Ele agradeceu nominalmente a cada vereador e depois abordou sobre a última eleição que participou, quando foi candidato a senador e obteve quase 300 mil votos. Disse que alguns chegaram a questionar, por que ele não concorreu à reeleição para deputado federal, pois seria eleito com certeza. Segundo Hissa, na política há momentos que você tem que cumprir missões.
Ele destacou que esse momento sem mandato tem sido bom e oportuno, para observar as coisas do lado de fora do cargo. Para ver os problemas que a maioria dos políticos foram deixando acumular, sem as devidas soluções. Isso tem aumentado a falta de credibilidade da classe política junto à população, o que acaba prejudicando os bons políticos, que pagam pelos erros dos outros.
Sobre o processo eleitoral, Hissa ressaltou que é preciso ter coragem para enfrentar as urnas, para argumentar, por que as pessoas têm que confiar em você. Além da coragem é preciso ter a responsabilidade, a fim resgatar a credibilidade perdida pelos maus políticos.
Ele disse que está preocupado com os rumos do futuro de Itacoatiara, sobretudo com essas mudanças recentes, ocorridas no processo administrativo do município, pois essas trocas só prejudicam o povo, ainda mais nesse período de pandemia que estamos vivendo.
Sobre a ciência, Hissa ressaltou que os políticos precisam ouvir e valorizar aquilo que os cientistas falam e fazem, pois tudo ao nosso redor gira em torna da tecnologia e a tecnologia é ciência. Por isso é necessário que o político veja na ciência, as respostas para a criação de políticas públicas em favor do povo.
Ele incentivou os itacoatiarenses a acreditarem no potencial do município, que as coisas não precisam acontecer somente na capital do Estado. Citou o exemplo positivo da cidade de Sobral, no Estado do Ceará, que é protagonistas de muitas coisas que são referência, não apenas para o seu estado, mas para todo o Brasil.
Hissa reiterou que Itacoatiara não pode se apequenar diante da capital, porque Itacoatiara tem potencial para ser modelo de desenvolvimento para o Amazonas e para o Brasil.
Ele revelou que o PTD do Amazonas está fazendo uma reformulação em todo o Estado, buscando a revitalização do Partido, sobretudo através do PMD, que é o Projeto Municipal de Desenvolvimento, a fim de preparar os filiados e o PDT com diretrizes, para atuar em uma eventual prefeitura, afinal há planos de lançar candidatura majoritária na capital e em alguns municípios do interior.
A propósito, ele falou da ideia que está sendo trabalhada com muito carinho e esperança, que é lançar a empresária Rosane Cardoso como candidata à prefeitura de Itacoatiara, agora em 2020. Ele ressaltou a competência administrativa da empresária, seu carisma, seu caráter e também o fato de ser uma mulher com todas as condições de comandar a prefeitura de Itacoatiara.

 

(Reprodução autorizada mediante citação)

O Conteúdo da Câmara Municipal de Itacoatiara é aberto e pode ser reproduzido, desde que a fonte "site institucional da Câmara Municipal de Itacoatiara-Am" seja citado.