RESUMO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 10 DE MARÇO DE 2020

por Assessoria CMI publicado 11/03/2020 00h00, última modificação 11/03/2020 17h01

- O vereador Richardson do Mutirão disse que Itacoatiara tem aparecido nos noticiários não com coisas boas, mas com notícias ruins. Ressaltou que viu uma reportagem sobre o processo licitatório da coleta do lixo em Itacoatiara, que o próprio dono da empresa Estrela do Norte, que venceu o certame no início do ano, está reivindicando esse direito. Richardson adiantou que vai pedir a realização de uma audiência pública com a finalidade de tratar desse assunto e para tal, vai solicitar a presença dos responsáveis da empresa vencedora, da Comissão de Licitação, da Procuradoria e do Prefeito do município. Ele salientou que é necessário que seja esclarecido, por que, a empresa que venceu a licitação ainda não está trabalhando, enquanto isso o serviço está sendo executado por outra.
Ele voltou a pedir que a Mesa Diretora da Câmara peça informações urgentes, sobre a obra que está sendo construída dentro do terreno da Escola Jamel Amed. Pois, segundo informações essa obra é para abrigar um caixa 24 horas do Banco Bradesco, sendo que, caso isso seja verdade, teria que ter sido aprovado pela Câmara. Coisa que não foi.

- O vereador Bernardo Santiago disse aos pretensos candidatos a vereador que chegou a hora de procurar os partidos políticos, para efetivar suas filiações e posteriores candidaturas. Ressaltou que o PL já está com uma demanda muito alta, mas que ainda há vagas.
Ele incentivou as pessoas a se candidatarem, mas, alertou que nem sempre se ganha da primeira vez e citou seu exemplo, que só conseguiu se eleger na terceira tentativa, em 2016.
Bernardo pediu que o presidente da Comissão de Educação, Dário Nunes, possa verificar junto a prefeitura, por que ainda não está sendo feito o transporte escolar fluvial, dos alunos da rede municipal de ensino. Ele alertou que os pais de alunos, que estão perdendo aulas, estão se programando para fazer um protesto, visando paralisar as aulas, isso porque, as crianças que moram nas vilas onde se localizam as escolas, estão estudando, porém, aquelas que moram nas cabeceiras dos rios e distante das escolas, não estão estudando por falta de transporte escolar. Ressaltou que isso é vergonhoso para o secretário de educação e para o prefeito Antonio Peixoto.

- O vereador Joanilson Mendes fez uma menção ao presidente A. I. Netto, agradecendo ao convite para ingressar no PSD, disse que seria uma honra caminhar ao seu lado, entretanto, ressaltou que Deus é quem sabe de todas as coisas.
Sobre o aterro que foi anunciado para ligar a Rua Borba ao Bairro Jardim Adriana, ele lembrou que havia uma emenda parlamentar do deputado Francisco Souza, para a construção de uma ponte, mas que agora já não se fala mais em ponte, só em aterro. Ele ironizou e disse parece que desemendaram tudo.
Apesar dessas observações, o vereador destacou que está feliz porque o problema será resolvido. Ele acredita que o Governo do Estado vai observar a Lei Ambiental na hora de fazer o aterro, pois ali há o leito de um lago e um rio.
Joanilson disse que muitas vezes as coisas não são resolvidas, porque falta vontade, pois, dinheiro sempre tem.
Falou que viu nas redes sociais o anúncio da chegado de 500 toneladas de asfalto, mas que estranhou o cronograma de execução das obras, citando como exemplo ruas que atravessam vários bairros, mas que na programação consta apenas um, citou como exemplo a Rua Acácio Leite, que aparece somente o Bairro Iraci. E o trecho dos bairros Araújo Costa e Santo Antonio? – Questionou Joanilson, que disse que não consegue entender isso.