RESUMO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 11 DE NOVEMBRO DE 2019

por Assessoria CMI publicado 11/11/2019 16h00, última modificação 18/11/2019 21h18

- O vereador Bernardo Santiago relatou que esteve visitando uma área do Bairro Tiradentes, cujos moradores estão reivindicando a colocação de bueiros em uma rua, a fim de fazer um aterro, para possibilitar o tráfego de pessoas e veículos. Assegurou que vai falar com o prefeito Peixoto e o secretário de Infraestrutura, Jander Nobre sobre isso. O vereador ressaltou que lá também os moradores sofrem com a falta de iluminação pública, além de uma rede adequada de distribuição de energia elétrica.

Santiago disse que tem recebido constantes reclamações do povo do Rio Arari, sobre a falta de energia elétrica, que já se tornou corriqueira. Ele justificou que os pedidos e reclamações são repassados para a empresa, entretanto as repostas nem sempre são aquelas esperadas.

 

- O vereador Richardson do Mutirão garantiu que, caso o prefeito Antonio Peixoto não conclua o serviço da Rua Borba até o dia 01 de dezembro de 2019, vai trazer um bolo para cantar parabéns no dia 02, segunda feira, pois estará fazendo um ano da promessa que foi feita o ano passado, quando da tribuna da Câmara, o prefeito garantiu que as obras de conclusão da Rua Borba recomeçariam, para serem então concluídas. Richardson ressaltou que vai convidar os moradores para esse ato.

 

- O vereador Gutemberg Brito destacou que nos últimos dias muitas coisas têm se falado sobre a Secretaria Municipal de Educação – SEMED, que o secretário estaria de férias, mas, que na realidade, já teria pedido para sair do cargo. Gutemberg disse que conhece a seriedade do secretário Adilon e por isso mesmo está achando estranha essa saída, “ou seria porque ele descobriu certas coisas, com as quais não concorda? ” Indagou Gutemberg. Ele destacou ainda que o secretário Adilon é uma pessoa que gosta de desafios e até estava conseguindo fazer um bom trabalho.
Gutemberg disse que está preocupado e temeroso que aconteça na SEMED aquilo que já está acontecendo na Secretaria de Saúde, cujos pagamentos dos servidores estão sendo pagos com atrasos. Gutemberg pediu que o presidente Netto, possa buscar informações se o senhor Adilon ainda é secretário, caso não, o porquê da sua saída.

 

- O vereador Bosco Rodrigues fez um apelo com muita indignação e também tristeza, sobre as postagens, em redes sociais, de um funcionário da Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA, que estaria tentando diminuir o seu trabalho e da Câmara como um todo, sobre o manejo sustentável do Jacaré, alegando, segundo o vereador Bosco, que o processo estaria todo errado, etc.
Bosco disse lamentar que essas pessoas, ao invés de estarem lutando para unir forças e somar para o bem de Itacoatiara, fiquem tentando denegrir a imagem da Câmara. Ele sugeriu que o presidente A. I. Netto convide o Secretário de Municipal de Meio Ambiente, juntamente com esse funcionário, para que venham à Câmara e possa expor suas ideias de forma proativa e não com insinuações maldosas no Face book.

 

- O vereador Ney Nobre voltou a se pronunciar contra a criação da APA do Sauim de coleira, na região de Novo Remanso, pelo menos da forma como está sendo proposta. Ele ressaltou que não se pode deixar de analisar os impactos negativos, que isso pode causar para os produtores rurais daquela área, que passarão a ter limitações para produzir.
Ney disse que se trata de uma área muito grande para o Município de Itacoatiara. Ele ressaltou que gostaria de saber qual é o posicionamento dos deputados do Amazonas sobre essa situação, se estão do lado do povo ou se são a favor da APA?
Ele finalizou dizendo que o senhor Maurício Noronha, que é um dos responsáveis pela criação da APA, está promovendo um abaixo assinado pela Internet, coletando assinaturas de pessoas do mundo inteiro, coisa que ele acha injusto, pois essa gente não conhece a nossa realidade.

 

- O vereador A. I. Netto adiantou que ainda no decorrer da sessão seria colocado para votação o projeto de Lei que pede o reconhecimento, por parte da Prefeitura de Itacoatiara, dos certificados de mestrados e doutorados, apresentados pelos professores da rede municipal de ensino. Netto disse que a maioria desses títulos são do Paraguai, portando, da área do Mercosul, que já há um decreto presidencial tratando sobre a validação desses cursos e seus respectivos diplomas.
Netto justificou que os professores investiram tempo e dinheiro em busca de mais conhecimentos, por isso merecem que a prefeitura reconheça isso e aceite, a fim de que eles possam ter um ganho melhor.
Netto abordou ainda sobre o decreto do presidente Bolsonaro que libera o cultivo de cana de açúcar na Amazônia e que, por conta disso, já há empresas interessadas em investir aqui, prevendo a geração de 12 mil novos empregos.
Ele falou também sobre os problemas de energia elétrica como aumento das contas, constantes cortes e desligamento, além da necessidade de adequar algumas normas, a fim de que o pequeno consumidor possa ter efetivos descontos e tarifas especiais.

 

- A vereadora Cheila Moreira, abordando sobre a APA do sauim de coleira, disse que entende a luta do seu colega Ney Nobre, pois ele está defendendo o interesse dos produtores daquela região. Adiantou que, infelizmente, não estará presente na audiência que vai ocorrer no dia 25 de novembro, devido a uma agenda partidária que já havia programado antes, fora do estado, mas que ela apoia o povo e aquilo que for melhor. Disse que ainda não conversou com o seu amigo deputado Sinésio Campos, sobre sua opinião a respeito da APA, no entanto, disse, que ele está sempre aberto ao debate e à defesa do interesse público.
Sobre as emendas parlamentares, ressaltou que começam a se tornar realidade, pois, no próximo dia 14 de novembro será assinado o convênio entre a SEPROR e a Prefeitura de Itacoatiara, para a liberação de 150 mil reais para a reforma da feira do produtor rural, que foi um pedido dela, atendido pelo deputado Sinésio Campos.
Ela finalizou lembrando que há outras em andamento e que já está pedido para o ano de 2020, emendas para a construção da escadaria da Comunidade Santa Tereza e para a construção do reservatório de água da Vila Batista, todas no Rio Arari.

 

- O vereador Francisco Rosquilde disse que recebeu pedido de ajuda dos moradores da Estrada da Sudam, falando que a mesma está intransitável. Ele assegurou que vai falar com prefeito Peixoto, para pedir providências.
Sobre a APA do sauim de coleira, falou que também é contra, pois restringe a ação dos produtores da região. Disse que a APA só serve para duas coisas: visitação e bater fotos, além de pesquisas. Disse que a Câmara deve se manifestar contra a criação da APA.

 

- O vereador Joanilson Mendes relatou que recebeu reclamações de funcionários da saúde, sobre o atraso de seus pagamentos. Ele disse que conversou com a secretária Keith Anne, a qual falou que muitos já haviam recebido, entretanto, ainda faltava gente para receber, que até o dia 14 o pagamento seria feito.
Joanilson falou que está preocupado porque esses valores são de outubro e as pessoas têm seus compromissos a pagar. Ressaltou que é preciso averiguar por que está havendo esses atrasos e que a secretária de saúde precisa fazer os devidos esclarecimentos.
Finalizou dizendo que está um pouco descrente nessa promessa de 12 mil empregos gerados pelo plantio de cana de açúcar em nosso município. Ele lembrou que a Hermasa prometia 5 mil empregos, mas todos sabemos que a realidade hoje é outra bem diferente. Disse que é preciso ser realista, para não criar ilusões para o povo.