RESUMO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 15 DE ABRIL DE 2019

por Assessoria CMI publicado 15/04/2019 16h10, última modificação 16/04/2019 16h07

- O vereador Joanilson Mendes apresentou votos de pesar aos familiares do senhor Tadeu Marques, pelo seu falecimento na data de 14 de abril de 2019.

O Vereador evidenciou que gostaria de focar seu discurso nas coisas boas que enobrecem a nação e o nosso estado, mas, infelizmente, não teria como, afinal, o tão prometido novo do governador Wilson Lima, nesses primeiros 100 dias tem se mostrado extremamente atrapalhados. “Não podemos ser governados por curiosos”, completou Joanilson, que acentuou que a saúde no Amazonas só piorou, porque um paciente precisa esperar um ano meio, para ser atendido. “Como que pode isso? ”, questionou o Vereador.
Ele disse ser inadmissível que o Governador ainda não tenha encontrado o rumo e que a população do Amazonas não aguenta mais passar por isso. Para Joanilson, Wilson Lima é o pior governador que o Amazonas já teve, pois, em apenas 100 dias já há ameaças de greve na segurança, na saúde e na educação.

 

- O vereador Ney Nobre desejou uma feliz semana santa a todos e que seja um momento de reflexão na vida de cada um.
Ele parabenizou o secretário municipal de agricultura e abastecimento, Rudson Assis, pela abertura da semana santa, quando serão realizadas várias atividades, como a venda de peixes à população.
Ney realçou que o setor primário sempre foi e será o caminho para o desenvolvimento do município e do país, salientando que Itacoatiara precisa de uma nova geração de políticas para o setor primário. Que assim como Novo Remanso e Engenho, que tem força na pecuária e na cultura do abacaxi, outras regiões do município também possam encontrar suas vocações, além da produção de farinha de mandioca.
Ney enfatizou que foram entregues cerca de 40 mil alevinos e que outra remessa ainda virá para ser distribuída para os produtores rurais de Itacoatiara.
Quanto às críticas ao governador Wilson Lima, Ney ressaltou que vai aguardar mais um pouco, antes de começas a criticar e fazer as cobranças, entretanto, evidenciou que não tira a razão do seu colega Joanilson Mendes, pelas críticas ao Governador.

 

- O vereador A. I. Netto relatou que esteve no ramal Nova Vida tratando sobre as contas de energia elétrica, que vieram com valores abusivos, além de outros assuntos de interesse da Comunidade São José da Nova Vida.
O Vereador abordou sobre a Rodovia AM-010, que em alguns trechos está quase intransitável, isso sem contar com os ramais. A propósito, Netto foi enfático ao dizer que o Governo do Estado, através da SEPROR, precisa fazer chegar o asfalto até às estradas vicinais, que são primordiais para o escoamento da produção e transporte das pessoas.
Ele falou que recebeu denúncia sobre um ônibus do transporte escolar, que estaria trafegando em alta velocidade, por isso assegurou que iria certificar-se sobre o assunto, a fim de tomar as devidas providências.
A respeito dos governos de Wilson Lima e Bolsonaro, Netto salientou que continua esperançoso, porque muito foi prometido, não obstante isso, lamentou que até agora, o Governo do Estado ainda não tenha enviado os recursos no valor de 150 mil reais, prometidos para começarem as cirurgias eletivas em Itacoatiara.
O Vereador disse que enviaria ofício à SEINFRA, pedindo explicações acerca das obras de recuperação da Rodovia Am-010, a fim de saber que providências estão sendo tomadas para sua conclusão.
Netto finalizou seu discurso mostrando um vídeo da sua visita à Escola Municipal Chibly Abrahim, que está com a maioria das salas sem ar-condicionado, por isso apresentaria durante a sessão, requerimento impositivo, solicitando ao secretário municipal de educação, providências para solucionar o problema.
Lamentou a situação da educação no município que, já não bastasse essas deficiências na estrutura física, ainda conta em muitas escolas da zona rural, com triste realidade das salas multiseriadas, falta de merenda escolar, etc.

 

- O vereador Alcimar Filho evidenciou que continuaria tocando na mesma tecla da saúde e a forma como o município está sendo tratado pelo Estado. Ele deixou bem claro que, apesar de fazer parte do mesmo partido do governado Wilson Lima, mas não poderia deixar de fazer as observações e críticas que entendesse necessárias.
Alcimar alertou para que nas próximas eleições, o povo observasse bem os candidatos, porque não basta falar bonito ou ter um bom discurso. É preciso ver o caráter e os antecedentes das pessoas, tudo isso, para não serem enganados.
Ele disse que o Amazonas é tão rico, mas não tem recursos para pavimentar as estradas vicinais e também para investir em outras áreas importantes. Que é uma vergonha, não ter 150 mil reais para resolver o problema de 600 pessoas que necessitam fazer cirurgias eletivas em Itacoatiara. Entretanto, tem 5 milhões para a festa do boi de Parintins. “Isso é uma falta de respeito para com o povo de Itacoatiara”, completou Alcimar.
Por fim, criticou alguns internautas que postam em suas redes sociais, a ajuda que estão dando aos venezuelanos. Realçou que não tem nada contra os estrangeiros, no entanto, aqui em Itacoatiara há muitas pessoas que estão precisando de ajuda e nem por isso recebem a mesma atenção. Alcimar salientou que esse problema não é nosso, que já temos problemas demais, além disso, os venezuelanos são preguiçosos, só querem pedir. Diferente dos Haitianos que são trabalhadores.

 

- O vereador Bernardo Santiago agradeceu ao pastor Marcos Silva, que durante muito tempo atuou como líder da Igreja Assembleia de Deus Tradicional, na Vila do Batista, cuja despedida aconteceu no sábado, dia 13 de abril de 2019. Santiago falou que agora o Pastor Marcos assumirá a Igreja de Urucurituba.
Ele destacou a festa e o mutirão de limpeza realizados no último final de semana, lá na Vila do Batista. Destacou que, apesar de haver cinco denominações de Igrejas evangélicas naquela comunidade, mas há uma harmonia entre todos, que buscam trabalhar em prol da comunidade.
Santiago, aproveitando as notas de pesar que foram apresentadas pelo falecimento de uma pessoa conhecida na cidade, finalizou seu discurso, enfatizando a importância da fé em Deus, destacando que sem Ele o ser humano não é nada, que é preciso praticar o amor ao próximo, pois a vida é passageira.

 

- O vereador Bosco Rodrigues prestou contas da sua viagem à Manaus, durante a semana passada, período em que visitou vários órgãos estaduais, inclusive, visando a audiência pública sobre o setor primário, agendada para o dia 23 de maio e também a visita dos técnicos do IPAAM, ao Rio Arari, nos dias 27 e 28 de abril próximo.
Ressaltou que esteve em conversa com o deputado Álvaro Campelo, sobre a implantação do PROCON estadual em Itacoatiara, em parceria com a Câmara de Vereadores ou com a Prefeitura. Que precisaria apenas de dois funcionários e uma sala para o funcionamento. Bosco lembrou que a Câmara já aprovou o projeto de criação do PROCON de Itacoatiara, que ficou apenas faltando o prefeito Peixoto fazer a instalação.
Finalizou focando sobre os projetos que o prefeito tem enviado para a Câmara, pedindo remanejamento e suplementação de orçamento. Deixou bem claro que votaria a favor ou contra, visando sempre o interesse da população.

- O vereador Gutemberg Brito, em aparte ao discurso do vereador Bosco Rodrigues, falou que estaria devolvendo no decorrer a sessão, os projetos que ele havia pedido vistas, mas, já antecipava, que votaria contra, por entender que algo está acontecendo de errado, afinal, foi aprovado um orçamento no final do ano passado, e já nos primeiros meses de 2019, o prefeito Peixoto enviou vários pedidos de complementação.

 

- O vereador Arialdo Guimarães lembrou que foram aprovados 9 milhões de reais para a saúde, sendo que uma parte, 400 mil reais, seriam para a conclusão da UBS Fluvial, mas, que até agora não está funcionando.
Sobre a visita do presidente A. I. Netto à Escola Chibly, Arialdo lamentou a situação em que se encontra a escola, sem ar condicionado, etc.
A respeito das críticas ao Governador, ele disse que ainda é cedo, pois se passaram apenas 100 dias, por esperaria por mais um tempo, por acreditar que o Governo do Estado vai mandar recursos para Itacoatiara.
Reiterando sua tese sobre os taxistas e moto taxistas, Arialdo lembrou que foi criticado por ter dito que nada seria resolvido, nas reuniões que haviam sido marcadas. E o tempo mostrou que ele tinha razão, afinal, nada foi feito até agora.
Ele disse que anda por outras cidades e vê que há uma organização dos taxistas e moto taxistas, cada grupo tem seus pontos, etc., mas que aqui não é assim, porque falta organização.

 

- O vereador Badi Pacheco criticou os órgãos do Governo do Estado que apreenderam na Feira da Panair, em Manaus, mais de cinco toneladas de queijo regional dos produtores de Itacoatiara e de Autazes. Ele lamentou que o Governo do Estado, ao invés de apresentar suporte e ajudar com as queijeiras, dando orientação, apreendeu e jogou fora o carregamento de um caminhão e três pick-ups de queijo.
Falando de saúde, Badi relatou o caso da sua mãe que está doente há um bom tempo e precisa de alimento e remédios especiais, que, se não fosse a família ter condições de comprar, estaria como milhares de pessoas que sofrem por não terem como adquirir remédios. Disse que achou um absurdo o Governo não investir na saúde e, ao mesmo tempo, liberar 5 milhões para os bois de Parintins. Finalizou lembrando um ditado popular na sua família: “quem não aguenta com o pote, não pegue na rodilha”, ou seja, se o senhor Wilson Lima está achando dificuldade de governar, não deveria ter se candidatado.

 

- A vereadora Cheila Moreira disse que procura ser sensata e mede até aonde pode ir com suas ações e atitudes. Relatou que foi à Fundação CECON, a fim de saber o que aquela entidade teria a oferecer em atividades para Itacoatiara. Ficou sabendo do projeto Ver e Tratar, que visa interiorizar, através de municípios polos, os tratamentos preliminares das lesões do colo de útero, inclusive com a biópsia, evitando assim, que as mulheres se desloquem até à capital do Estado.
Cheila disse que pretende realizar, em breve, audiências públicas e outras reuniões a fim de debater o assunto, visando levar ao conhecimento da população esse importante projeto.
Cheila enfatizou que os 2 kits necessários para esses procedimentos custam 150 mil reais. O que é pouco para os recursos do Estado, entretanto, devido a burocracia, cogita-se também buscar a ajuda de empresas particulares, a fim de agilizar a compra.
A Vereadora ainda abordou sobre as dificuldades dos pacientes que são encaminhados para Manaus e chegando lá, não tem leitos disponíveis, além de outros constrangimentos pelos quais tem que passar, para receberem atendimento.
Disse que vai encampar uma luta para que seja instalada em Itacoatiara uma maternidade com UTI neonatal, que vai buscar parcerias, independente de cores partidárias, porque o importante é que as mães de Itacoatiara possam contar com esse serviço.

 

- O vereador Francisco Rosquilde reiterou que não fala mal de Itacoatiara, pois Itacoatiara tem 343 anos de história, por isso merece respeito. Repudia quem fala mal de Itacoatiara. Entretanto, ele disse reconhecer que muita coisa precisa melhorar no município. “Por isso, em vez de criticar, é preciso que lutemos pela melhoria de nossa cidade”, sugeriu Rosquilde.
Ele falou que é preciso acreditar que o Estado do Amazonas tem jeito, que Itacoatiara tem jeito e vai se desenvolver, independente de quem esteja no comando da prefeitura.
Sobre o Programa Luz para todos, o Vereador disse que lutou junto com seu colega A. I. Netto e que lamenta que as contas de energia estejam vindo com valores absurdos. Lembrou que nessa data, a nova diretoria da Amazonas Energia estaria assumindo o controle, por isso, seria primordial entrar com um mandado de segurança, a fim de problemas como a substituição do cabo subaquático da Ilha Grande do Soriano, sejam resolvidos, porque já está provado que os empresários que compraram a Amazonas Energia, não têm nenhum interesse em resolver esse assunto.
Rosquilde disse que está solidário com os produtores de Novo Remanso, que tiveram sua produção de queijo apreendida.
Finalizou revelando que vai trabalhar para a instalação do Fórum de questões fundiárias de Itacoatiara, para ajudar a dirimir a problemática da titularização de terras no município.