RESUMO DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 29 DE OUTUBRO DE 2019

por Assessoria CMI publicado 29/10/2019 17h00, última modificação 30/10/2019 18h34
Na sessão do dia 29 de outubro, o presidente da Associação de Taxistas Deus é Fiel, Vilmar Cavalcante, usou a tribuna cidadã, para mais uma vez fazer apelo aos vereadores, a fim de ajudarem na regularização da classe, pois há muitos taxistas clandestinos trabalhando, inclusive, com veículos sem as mínimas condições de estarem trafegando. Ele disse que apenas 45 taxistas são cadastrados e regularizados para trabalhar na cidade, entretanto há mais de 150 que são clandestinos. Pediu que haja mais fiscalização, não apenas em motos, mas, também nos carros.
Vilmar lembrou que já esteve outras vezes fazendo o mesmo pedido e que ainda continua acreditando que os vereadores podem fazer algo em favor da classe.

- O presidente A. I. Netto pediu a anuência dos demais para que fosse feita a homenagem ao time do Bangu Futebol Clube, que a pedido do vereador Ney Nobre, recebeu o título de honra ao mérito, pelos campeonatos conquistados nesse ano de 2019.
O vereador Ney Nobre fez um histórico do clube que foi fundado em 30.08.1980. Em seguida, o presidente do Bangu, Rudson Assis fez agradecimentos pela homenagem.

21.10.2019 (11).JPG- O vereador A. I. Netto falou sobre as questões envolvendo os aumentos da tarifa de energia elétrica, enfatizou que muitas vezes ficam no esquecimento as conquistas que tiveram o empenho da Câmara, para que acontecesse. Lembrou da cobrança que antes era feita de ICMS, que encarecia mais ainda as contas, que graças ao empenho dos vereadores, fazendo reivindicações, o Governo do Estado isentou as contas de energia elétrica da cobrança do ICMS.
Agora também, foi conseguido uma redução média de 5,96% das contas de energia. Netto lamentou que muitas pessoas, desinformadas, vão para as redes sociais dizer que os vereadores não fazem nada.
Netto ainda falou sobre a audiência pública que foi realizada na semana passada, na Assembleia legislativa, justamente para tratar sobre questões ligadas ao fornecimento de energia elétrica e ao programa luz para todos.


21.10.2019 (7).JPG- O vereador Ney Nobre abordou sobre as reuniões que estão sendo realizadas, a fim de fazerem consultas populares sobre a criação da APA do sauim de coleira na região de Novo Remanso. Ressaltou que estão sendo feitas de forma maliciosa, porque convidam a população, mas não explicam para que é a reunião e na hora eles tentam enganar a população dizendo que a APA será muito boa para a vida do povo.
Ney disse que, na verdade, essa APA vai apenas beneficiar a ONG responsável para administrar os recursos, que só do Grupo Simões, serão 2 milhões de reais.
Ele alertou para o perigo que representa a aprovação dessa APA, pois, caso se concretize, mais de 500 produtores de abacaxi da região serão prejudicados.


21.10.2019 (56).JPG- O vereador Alcimar Filho endossou as palavras do seu colega Ney Nobre, enfatizando que é preciso que haja uma participação maciça da população, que deve ser mobilizada, para estar presente na audiência do dia 25 de novembro, que deverá ser a última e poderá aprovar a criação da UPA do Sauim de Coleira. Ele ressaltou que é preciso evitar que isso se concretize, a fim de não permitir o que aconteceu com as áreas produtivas do Rio Urubu, que foram desapropriadas para a criação da reserva indígena, quando muitas pessoas tiveram que sair a força de suas propriedades.


21.10.2019 (53).JPG- O vereador Gutemberg Brito falou que é preciso ver realmente qual o poder que a Câmara tem sobre esse assunto, porque já vem de muito tempo, desde os anos 2000, acontecendo várias investidas contra o município de Itacoatiara, inclusive ele citou o caso mais recente, que pediram para o município passar para o Estado, o domínio das estradas de Novo Remanso e do Engenho. Gutemberg alertou que é preciso saber o que há por trás disso. Ele lamentou que o prefeito Antonio Peixoto esteja concordando com tudo isso. Disse que seria interessante, que, além dos vereadores e deputados, o prefeito também se posicionasse, dizendo de que lado está.
Gutemberg disse que não concorda com a forma como o prefeito Peixoto vem governando o município. Reiterou que hoje Itacoatiara não tem prefeito e que sua administração é desastrosa. Pediu que ele tenha a dignidade de renunciar ao cargo.

21.10.2019 (44).JPG- O vereador Bosco Rodrigues, abordando sobre a questão de regulamentação do serviço de taxi em Itacoatiara, disse que, enquanto 10 querem organizar, 100 não querem. Falou que está de acordo com as palavras do senhor Vilmar, que motoristas e veículos devem estar regularizados para poderem trabalhar.
Ressaltou que não concorda com a criação da APA para o Sauim de Coleira, pois serão 211 mil hectares só para isso, o que é um absurdo para essa área suframada, pois não será possível a implementação de nenhum projeto de desenvolvimento, como a criação do polo agroindustrial. Ressaltou que é importante a preservação dos animais, entretanto o homem deve ter prioridade.

21.10.2019 (45).JPG- O vereador Joanilson Mendes parabenizou o time do Bangu pelas conquistas e aproveitou para enfatizar a vitória da seleção feminina de futebol de Itacoatiara, que no último domingo, no estádio Floro de Mendonça, venceu o time adversário, por 12 a zero. Quanto à luta dos taxistas, Joanilson disse que a Câmara está devendo uma resposta mais concreta e que o senhor Vilmar não precisava pedir desculpas. Ele elogiou mais uma vez a atitude dele, por estar lutando para regularizar a sua classe, enquanto que muitos, preferem trabalhar na clandestinidade.
Sobre a atuação do IMTT, ele enfatizou que é preciso mais ação. Falou que não entende o porquê que os cavaletes ficam em frente as escolas, mesmo em horários que não são de entrada e saída de alunos. Citou como exemplo a escola Mirtes Rosas, pois passou lá, hoje às 15 horas, ou seja, as 3 da tarde, portanto, horário que não é de entrada e saída de alunos, e os cavaletes estavam lá, na rua, atrapalhando o trânsito naquela rua que tem um tráfego intenso de veículos, sem contar os buracos, que não são poucos. Joanilson destacou que certamente há outras formas mais inteligentes de organizar o trânsito em nossa cidade.
Ele criticou a prefeitura de Itacoatiara, pois, não entende, por que, passados 3 anos dessa administração, a Secretaria de Infraestrutura não tenha condições de fazer obras de tapa buracos, ficando sempre dependendo do Governo do Estado ou de emendas parlamentares.

21.10.2019 (27).JPG- O vereador Arialdo Guimarães disse que tem uma admiração enorme pelo seu amigo deputado Cabo Maciel, sobretudo pelo seu trabalho como parlamentar, pois é alguém que tem trabalhado muito por Itacoatiara, destacando-se como aquele que mais verba de emendas parlamentares destinou para o nosso município. Disse que nesse final de semana, anunciou que vai destinar 50 mil reais para a ADEFITA.
Arialdo relatou que participou da inauguração da sede do projeto Mãos Solidárias, que vai beneficiar em Itacoatiara, mais de 150 crianças, através do esporte e atividades culturais. Arialdo mencionou ainda a verba que o deputado Cabo Maciel destinou, para a implantação do sistema de monitoramento por câmeras.
Sobre ao assunto da regularização dos taxistas, Arialdo indagou: será que é tão difícil cumprir a Lei e fez duras críticas à atuação do presidente do IMTT, senhor Grana, que faz “retórica de goela”, pois fala, fala e não faz nada. Lembrou do projeto que já foi promulgado pela Câmara, que trata da remoção dos veículos inservíveis que estão estacionados nas ruas da cidade, coisa que deveria ser exigida dos proprietários pelo IMTT, mas que até agora, nada foi feito.

21.10.2019 (31).JPG- A vereadora Cheila Moreira relatou sobre a audiência ocorrida na Assembleia Legislativa na semana passada, que tratou sobre energia elétrica, continuidade da implantação do programa luz para todos e solução para os constantes desligamentos ocorridos nas áreas da zona rural. Falou que estava com documentos em mãos, enviados pelo deputado Sinésio Campos, sobre o cronograma de execução do Luz para todos em Itacoatiara, que passaria cópias para o presidente Netto.
Disse, de forma enfática, que vai pedir explicações do presidente do IMTT, sobre aquilo que foi dito pelo senhor Ilmar, que há vereadores que vão lá no órgão solicitar liberação de motos. Ela assegurou que de sua parte nunca foi pedir liberação de nenhum veículo e que acredita, pelo que já foi dito, que seus colegas também não.
Cheila agradeceu a todas as pessoas, grupos e entidades que se empenharam para realizar atividades alusivas à campanha do outubro rosa.

21.10.2019 (38).JPG- O vereador Francisco Rosquilde falou sobre algumas mudanças que aconteceram recentemente no Código Brasileiro de Trânsito, que vão ajudar na luta dos taxistas, que pedem severidade na fiscalização, a fim de evitar o avanço dos transportadores clandestinos. Ele assegurou que o presidente A. I. Netto vai encaminhar documento ao prefeito e ao IMTT, solicitando ações de fiscalização, baseados nessas mudanças.
Finalizou criticando os perfis Fakes do face book, pois ele fez um print de uma postagem, dizendo que ele estava no Rio de Janeiro se divertindo, enquanto o povo estava sofrendo aqui em Itacoatiara. Coisa que todos estavam vendo que não era verdade, pois, ele estava ali, naquele momento falando na tribuna. Ele explicou que a foto publicada é de três anos atrás, quando ele esteve lá para visitar sua filha que mora no Rio de Janeiro e estava aniversariando. Rosquilde disse que registrou B.O. e que vai acionar a justiça, a fim de descobrir quem foi o autor dessa Fake News.

21.10.2019 (4).JPG- O vereador Richardson do Mutirão abordou sobre o projeto Mãos Solidárias que foi implantado esta semana aqui em Itacoatiara, com a ajuda do deputado Cabo Maciel e o apoio do Governo do Estado.
Ele parabenizou o senhor Vilmar, que considera um guerreiro na luta pela regularização dos taxistas. Aproveitou para citar alguns trechos e artigos da Lei Orgânica do Município, que se estivessem sendo cumpridos, de acordo como foi prometido pelo prefeito, quando tomou posse no dia 1º de janeiro de 2017, muita coisa já teria sido resolvida, inclusive a regulamentação dos taxistas. Richardson disse que não culpa nenhum secretário e, no caso específico, não culpa o presidente do IMTT, pois quem tem o poder de decisão é o prefeito, portanto, se as coisas não acontecem é porque o prefeito não está ordenando ou cobrando aquilo que deve ser executado.
Disse que vai aguardar chegar o dia 1º de dezembro, se o prefeito não completar o serviço de asfaltamento da Rua Borba, vai pedir um minuto de silêncio, pois vai completar um ano e a promessa não foi cumprida.